Mohammed Rafi e o Comercial da Heineken

19.7.12 Carol Batista 2 Comments

Vocês provavelmente já viram este comercial na TV:


 

A voz maravilhosa é de Mohammed Rafi e a música é  Jaan Pehechan Ho, do filme Gumnaam (1965). Este é o o clipe original:




No clipe, a banda é interpretada pelo grupo Ted Lyons and His Cubs. Eles participaram de vários clipes de filmes de Bollywood durante os anos 60 e vocês podem ler mais sobre eles no blog da Memsaab, que tem um incrível projeto de identificação de artistas da velha Bolly. 


Mas não foi por Gumnaam  ou pela Heineken que conheci Jaan Pehechan Ho. Soube de sua existência quando estava procurando músicas de Bollywood que fossem famosas no Ocidente e descobri que há um filme chamado Ghost World (2001) cuja abertura tem não apenas o clipe original, como também uma garota dançando ao som da música.


   


É fantástico terem descoberto uma música tão divertida para o filme, ainda mais sendo uma cantada pelo Rafi! E vamos todos dançar ao som de Jaan Pehechan Ho, que a vida é curta demais para desperdiçarmos Rafi.


2 comentários:

  1. olá carol só espero que não fiques chateada por comentar neste poste sobre o poste do filme silsila nossa fiquei curiosa porque eu adoro estas duas actrizes embora que nunca vi um filme da jaya na sua mocidade me amarro bastante nos filmes actuais talvez eu já vi um filme dela ainda jovem mas nunca me dei conta,porque quando assisto um filme indiano o que me importa é a historia e as trilhas sonoras do filme mas contigo estou aprendendo a conhecer os actores rsrsrs e os cantores que cantam as musicas para os filmes,agora a rekha nossa também só hoje descobri o seu nome artístico porque o primeiro filme que eu assiste nossa fiquei fascinada mas não acabei de ver o filme esta cheio de falha e que também recomendo pra você assistir que é Umrao Jaan e a canção que ate agora não me sai da cabeça quando vejo ela é Yeh kya jageh hai dosto do mesmo filme cantado por Asha Bhosle ,e acabei de ler o final do filme já nem me da vontade de ver na TV me deixo triste é só isso que os filmes indiano fazem usar e abusar das nossas imaginações e no final do filme quebrar ou machucar os nossos corações mas as vezes acertam em cheio para nossa Alegria. .

    ResponderExcluir
  2. Oi de novo, Carla! Andava sumida, hein?

    Não fiquei chateada, pode comentar onde quiser. A Jaya é uma querida para mim desde que assisti a um filme indiano pela primeira vez. Ela fazia a mãe da Preity Zinta em Kal Ho Naa Ho e fiquei encantada com aquele jeito todo 'sólido' dela de atuar. É interessante esse seu movimento de só agora estar prestando atenção aos atores! Eu já de cara me foquei neles, porque quando via um filme com um, logo queria ver mais da mesma pessoa. Só que a minha sede de exploração logo começou a pedir mais e fui conhecer o mundo, arriscar gente que parecia duvidosa :)

    A Rekha hipnotiza! Eu já assisti Umrao Jaan há um tempo e tenho até vontade de escrever a respeito, mas dá uma preguicinha de rever aquele sofrimento todo...

    Os filmes indianos jogam a gente nessa montanha russa de emoções mesmo. E mesmo quando não acertam em cheio, pelo menos uma ou outra música se salva...para a nossa alegria!

    ResponderExcluir

E aí, o que tem a dizer? Deewaneie!

Comentários ofensivos serão excluídos.