Aconteceu em Bolly

4.12.15 Carol Batista 4 Comments


E é dada a larga da coluna mais bem informada do cinema indiano! Tem intolerância, Deepika sendo mãe do Ranbir, casal brigando por dinheiro, Anushka sendo bombástica e queimaduras múltiplas. Saiba tudo o que aconteceu em Bollywood nas últimas semanas.

- Aamir e a intolerância

Só há um assunto na boca da nação bollywoodiana nas últimas semanas: a polêmica de Aamir Khan. Aamir declarou que estava alarmado com a crescente intolerância no país. 

"Kiran (esposa de Aamir) e eu vivemos toda a nossa vida na Índia. Pela primeira vez, ela disse, devermos sair da Índia? Essa é uma declaração enorme e desastrosa para ser feita pela Kiran para mim. Ela teme por seu filho. Ela teme por qual será a atmosfera ao nosso redor. Ela tem medo de abrir os jornais todos os dias. Isso indica que é há uma sensação crescente de apreensão".

As reações de políticos e até mesmo de colegas da indústria foram extremamente negativas. O ator Anupam Kher publicou em seu perfil no Twitter:

"Querido @aamir_khan. Você perguntou a Kiran para qual país ela gostaria de se mudar? Você dissa a ela que este país fez de você o AAMIR KHAN?"

Rishi Kapoor também não perdoou:

"Sr. e Sra. Aamir Khan. Quando as coisas estão dando errado e o sistema precisa de correção, repare-o, conserte-o. Não fujam dele. Isto é Heroísmo!"

O diretor Sanjay Gupta, de Jazbaa, apoiou Aamir:

"Aqueles acusando Aamir Khan de ser intolerante, por favor, tenham a tolerância de assistir a entrevista inteira. Em nenhum lugar ele diz que quer deixar a Índia."

"#AamirKhan Moral da história - Não fale o que pensa em público, seja diplomático e fique sorrindo. Ou então encare a ira da brigada do Twitter."

Também foi relatado que uma fã de Aamir cometeu suicídio após seu marido zombar de Aamir, perguntando que tipo de estrela de Bollywood deseja sair do país após ser aconselhado pela esposa. Sonal Pandey morava em Bajalpur e consumiu veneno.

Belas reações para demonstrar a tolerância indiana, hein? Palmas pra vocês, indianos.

Fontes: Miss Malini, Miss Malini e Hindustan Times.

- O espetáculo de Tamasha!

A estreia da semana foi Tamasha ("Espetáculo"), filme de Imtiaz Ali (de Jab We Met e Highway) estrelado por Ranbir Kapoor e Deepika Padukone. Conta a história de Ved (Ranbir), um rapaz que se perde tentando responder ao que a sociedade esperar dele. Tara (Deepika) é alegre, espirituosa e o ajuda a encontrar a si mesmo. Até o momento, o filme teve uma das melhores estreias de 2015. Go go, Deepika!

Fontes: Wikipedia, Bollywood Life .


- E por falar em Ranbir e Deepika...

Deepika ficou muito magoada - e com razão - quando um comentário que fez sobre o casamento de Ranbir Kapoor foi retirado de contexto. Os tablóides publicaram a frase "Ranbir não pode se casar enquanto eu não permitir" e os leitores publicaram comentários irados, como "Quem ela pensa que é?". Ranbir explicou o contexto: os jornalistas perguntaram a ele quando se casaria, e então voltaram-se para Deepika, como se fosse a mãe dele, e perguntaram como ela se sentia com isso. Foi então que ela disse sua frase mal interpretada, brincando com o fato de não ter nada a ver com isso.



Fonte: Hindustan Times.

- Mais Ranbir (e se reclamar, vai ter mais)

Não é todo o mundo que está torcendo por Tamasha. Ranbir está sendo perseguido por fãs de Salman Khan. Os "Salmaníacos" (pelo. amor. de.deus) estão furiosos pelo jovem Kapoor ter "roubado" Katrina Kaif de Salman, seu ex. Os fãs querem sabotar Tamasha para continuar mantendo Prem Ratan Dhan Payo no topo das bilheterias.

Como Ranbir não está em nenhuma rede social, não enfrenta diretamente a ira dos fanáticos. Quem recebe as mensagens é seu pai, Rishi Kapoor. Felizmente já vimos aqui que Rishi ji sabe lidar com gente louca.

Fonte: Bollywood Hungama.

- Nawaz, o milagre

Amitabh Bachchan comentou sobre a carreira de Nawazuddin Siddiqui (de Gangs Of Wasseypur e Kahaani), com quem está filmando Te3n:

"E comigo, o grande Nawazuddin...como é miraculosa a sua ascensão na nossa indústria...um exemplo de que o talento nunca passando despercebido."

Fonte: IBN Live.




- Fazendo as pazes

Akshay Kumar e Farah Khan finalmente fizeram as pazes! Os dois estavam brigados desde que Akshay estreou o fracassado Joker, filme dirigido pelo marido de Farah. Na época, Akshay ficou insatisfeito com o resultado final e boicotou as promoções do filme, não comparecendo a elas e afastando sua imagem do projeto. Como o ator é conhecido por seu profissionalismo impecável. imagina-se que deva haver muito mais nessa história. Ele e Farah voltaram a se falar na festa de aniversário do irmão dela, Sajid Khan.

Fonte: The Times of India.


- Batalha conjugal

Karisma Kapoor e o marido estão separados desde 2014, porém não chegam um consenso sobre o divórcio e adiaram a separação. Karisma não estaria de acordo com os termos que estabelece um Fundo Fiduciário para seus filhos, enquanto que Sanjay não aceita passar o controle do fundo para a (ex) esposa. Como resultado, Karisma estaria dificultando o acesso do marido às crianças.

Fonte: Emirates 247.

- Vida longa ao rei!


O rei de Bollywood em 2015 já foi definido: a coroa vai para Salman Khan! Seus filmes arrecadaram mais de Rs 500 crore em um ano. Bajrangi Bhaijaan arrecadou um total de Rs 310 crore e Prem Ratan Dhan Payo, que ainda está em cartaz, já conseguiu mais de Rs 200 crore.

Mas isso é só em 2015. O título de filme indiano mais visto de todos os tempos ainda está nas mãos de outro Khan: P.K., do Aamir.

Fonte: Hindustan Times.

- Climão

Mas não é todo o mundo que está encantado pelo Sallu. Anurag Basu (diretor de Barfi) declarou que prefere trabalhar com o "arriscado" Ranbir (que teve vários fracassos ultimamente) do que com o "chato" Salman Khan. Não pegou bem.

Fonte: Bollywood Hungama.

- Mesa redonda

O crítico Rajeev Masand todo ano convida quatro atrizes que brilharam no cinema para uma mesa redonda de discussão sobre a indústria. As convidadas de 2015 foram Anushka Sharma, Richa Chadda, Deepika Padukone  e Kalki Koechlin. Elas tiraram esta foto fofíssima:


Rajeev posta as conversas todo ano em seu canal no Youtube. Também há a versão com atores. Vale muito a pena!

Fonte: The Reveille

- O queridinho das famosas

Sridevi, Alia Bhatt, Karisma Kapoor, Kareena Kapoor e Kajol participaram de um ensaio para a revista Vogue indiana em homenagem aos 25 anos de carreira do estilista Manish Malhotra. Ele já assinou figurinos de filmes icônicos de várias gerações, como Dilwale Dulhania Le Jayenge, Kabhi Khushi Kabhie Gham e Student Of The Year. Confira a capa com as divas:


Fonte: The Express Tribune.


- Ossos do ofício

Bipasha Basu teve queimaduras nos braços e no rosto quando uma cabeleireira derrubou sobre a atriz a escova que usava para modelar seu cabelo. Bips tuitou as fotos e escreveu:


" Comecei meu dia de gravações com múltiplas queimaduras no meu rosto e nas mãos , feitas por uma cabeleireira. Ela deixou a escova cair em mim e nem se mexeu."


A profissional foi substituída por outra.

Fonte: Hindustan Times.

- Sorry, bhai


A Suprema Corte Indiana ordenou que Govinda pedisse desculpas a um fã em quem ele deu um tapa em 2008. Santosh Ray estava assistindo à filmagens e disse que a agressão não foi provocada. Também declarou que era fã de Govinda, mas perdeu totalmente o respeito pelo ator. Ele poderia abrir um processo criminal, mas aceitou receber apenas um pedido de desculpas do ator. Govinda acatou a decisão e disse que não queria ferir ninguém.

Vocês entenderam essa história? Pois é, eu também não.

Fonte: BBC.


- Sra. Ratnam

Suhasini Ratnam, esposa do diretor Mani Ratnam (Dil Se, Bombay, Kannathil Mutthamittal) fará sua estreia como atriz em Bollywood. Ela já fez mais de 50 filmes no sul da Índia e sua estreia em hindi será ao lado de Naseeruddin Shah no filme Waiting. Suhasini ficou chocada com a oferta, pois seu Hindi não é bom. A diretora é Anu Menon (London, Paris, New York) e também terá Kalki Koechlin em um papel importante.

Fonte: The Indian Express.

- Elas estão com raiva

A estreia mais interessante da semana foi Angry Indian Goddesses ("Deusas Indianas Irritadas"), que pela sinopse parece o filme pelo qual tenho implorado aos deuses Bollywoodianos há anos. Ele foi promovido como o primeiro filme indiano sobre amizade feminina e conta a história de uma fotógrafa interpretada por Sarah-Jane Dias, que convida sete amigas de faculdade para uma viagem até a casa de sua família em Goa. Assistam ao trailer aqui.

Fonte: Hindustan Times.

- Anushka mandando a real



Nada fez tanto barulho nesta última semana quanto a entrevista que Anushka Sharma deu a Anupama Chopra no canal do Youtube Film Companion. Ela falou sobre o sexismo na indústria sem economizar palavras. Algumas de suas declarações:

"Os homens podem trabalhar pelo tempo que quiserem, mesmo quando envelhecem. Eles ainda são heróis, ainda são superheróis e ainda são o máximo e legais. Mas por que as mulheres só estão bem enquanto forem jovens e desejáveis?"

Sobre a disparidade de salários entre atores e atrizes:

"É assumido que homens precisam de mais dinheiro. Talvez as pessoas pensem que eles precisam prover suas famílias e que as mulheres estão sendo cuidadas. Mas talvez eu não queira me casar. Talvez eu queira. Isso não importa. É irrelevante.

Não estou dizendo por ganância que eu quero mais dinheiro. Estou apenas dizendo: me valorize. No fim do dia, você quer respeito. É tudo o que você quer. Quando você me paga menos dinheiro, está me dizendo que não tenho tanto valor."

"Uma mulher estreante e um homem estreante serão pagos diferentemente. Você é um novato, ninguém sabe quem você é, homem ou mulher, não importa. Mas vocês receberão quantias diferentes."

O sexismo afeta até os mínimos detalhes da indústria. Olha o nível:

"Se você está numa gravação externa, você sabe que o homem vai ficar com o melhor quarto de hotel. Por que isso precisa acontecer?"

Ela também falou sobre a imagem das mulheres em Bollywood:

"Espera-se que as garotas sejam bonitas. Que seja bonita e apenas interessante o suficiente para que um cara se interesse por você em um filme. Quando mulheres fazem filmes juntas - elas apenas se juntam em um filme quando há um cara envolvido."

"Mesmo que você não esteja mostrando peitos e bunda, o que você está trazendo para o filme, além da sua beleza e charme? Enquanto isso não mudar, ficaremos nesta situação."


"Não somos burras. Não chegamos tão longe na vida sendo promíscuas. Todas as mulheres nesta indústria são espertas. Elas são inteligentes. Obviamente não são insensatas."

Fontes: IDiva, Film Companion

Precisa falar mais? Também acho que não. Até a próxima coluna!

4 comentários:

  1. Mas que intolerância? A Índia é o país mais tolerante do mundo. E ler um comentário desses do Vivek, ai, ai!Aamir no meio de toda essa loucura é a pessoa com bom senso. Mas não consigo deixar de me decepcionar com comentários de atores que sempre admirei como o Anupan, o Rishi e o Vivek. Cadê o bom senso, gente? Li toda a entrevista do Aamir e achei que foi lúcido, correto e humano como sempre. Deepika e Anushka nos fazem acreditar que ainda é possível mudar. Adorei a coluna

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei especialmente decepcionada com o Rishi.O Anupam e a Kirron são envolvidos com política, então talvez ganhem algo com isso. Já o Rishi não tem justificativa. Poderia não só ter lido direito o que o Aamir falou, como também pesado o impacto de suas palavras. Ele não é um aleatório qualquer no Twitter, é um Kapoor! Insuflar essa onda de ódio contra o Aamir foi muito insensato.

      Essas meninas só nos dão orgulho!

      Obrigada pela visita <3

      Excluir
  2. Govinda.... se a moda pega rsrsrs.... Que fã (ex-fã) sábio!!

    Raquel

    ResponderExcluir

E aí, o que tem a dizer? Deewaneie!

Comentários ofensivos serão excluídos.