Aconteceu em Bolly

29.5.16 Carol Batista 2 Comments


A coluna mais bem-informada do cinema indiano está de volta! Quem mais sentiu saudades de notícias absolutamente irrelevantes que fazem nossa vida parecer um mar de rosas?

Esta semana tivemos formatura, gente tendo papel cortado, cartinha de desculpas e muito body-shaming. Descubra o que aconteceu em Bolly!

- Os bebês cresceram



Somos todos um bando de tias inconvenientes quando o assunto são os filhos das estrelas de Bollywood. Amamos vê-los crescendo e florescendo nas redes sociais. O assunto da semana foi a foto de Aryan Khan, filho mais velho de Shahrukh Khan, com Navya Naveli Nanda, neta de Amitabh Bachchan, em sua formatura da escola. Ambos são lindos, estilosos e já faz um tempo que pelo menos o Aryan tem sido foco de notícias sobre uma possível estreia nos cinemas. Estaremos vislumbrando nossos futuros ídolos?


Y SOY REBELDEEEE


- Não sou obrigada

Após atuar em Sarbjit, Richa Chadda prometeu nunca mais fazer um papel secundário.

"Não é sobre a duração do papel. É porque se trabalha tão arduamente em um filme. Parte o coração quando algumas das suas melhores cenas são sacrificadas na mesa de edição.

Algumas das minhas melhores cenas tiveram que sair. Uma cena que eu ainda tenho no final na qual sou mostrada me unindo à personagem da Aishwarya não tem nenhum contexto, já que todas as minhas cenas mostrando minha afinidade com ela se foram."

Richa interpetou Sukhpreet, esposa de Sarabjit (Randeep Hooda). Seu marido desaparece e a irmã dele, interpretada por Aishwarya Rai, inicia uma jornada em busca de seu paradeiro. Sukhpreet teve que trabalhar limpando banheiros para sobreviver após a perda do marido, porém isto não foi mostrado.

"Aquela sequência mostrava vivamente a humilhação financeira e emocional da minha personagem na ausência do seu marido. Infelizmente ela teve que ser cotada. Mas eu não deveria estar reclamando. Todos os atores, exceto Randeep Hooda, tiveram que sofrer o mesmo destino em Sarbjit, e isto inclui Aishwarya."



Richa não vê necessidade de seguir passando por esse tipo de situação.

"Não estou dizendo que fui escolhida para ter o papel cortado. Tudo o que estou dizendo é que após tanto trabalho, é frustante ter apenas uma cena para si mesma. Eu não preciso fazer isso após Masaan e agora Cabaret, onde tenho o papel principal."

O diretor Omung Kumar negou as acusações de Richa.

"É completamente falso que tenhamos cortado o papel dela. É um roteiro encadeado, as cenas eram exatamente as mesmas antes de iniciar o filme e eu narrei as mesmas cenas para a Richa. Então, nenhuma cena dela foi cortada do filme."


- Gente boa, só que não

O diretor Ram Gopal Varma é conhecido por ser bastante grosseiro em suas declarações. Ao compartilhar em seu Twitter uma crítica negativa sobre o filme Veerappan, o diretor compartilhou também a foto da jornalista com a seguinte frase:

"Então de acordo com a sua resenha, o filme Veerappan é tão lindo quanto o seu rosto."

Há existências desnecessárias neste mundo.

Fonte: Miss Malini.


- Dsclp

O cantor Arijit Singh publicou um pedido de desculpas a Salman Khan em sua página no Facebook. Na carta aberta, ele se desculpa pelo meio usado para falar com o ator, utilizando a justificativa de ele não atender suas ligações. Arijit também pede para que Salman não retire sua música da trilha de Sultan  e que não pretendia insultá-lo, apesar de não explicar o motivo para o suposto insulto.

Arijit foi entrevistado recentemente e explicou que o tal insulto teria ocorrido há três anos em uma premiação para a qual foi vestido casualmente - inclusive usando sandálias- por ter ido direto do trabalho. O cantor teria dormido durante a premiação por estar exausto, sendo acordado por alguém no momento de receber seu prêmio. Ao encaminhar-se para o palco, Salman estava rindo e perguntou, incrédulo, se ele era o vencedor. Arijit respondeu que sim, ao que Salman perguntou se ele havia dormido. A isto, Arijit respondeu: "Vocês todos me fazem dormir". O cantor sussurrou "Desculpa" no ouvido de Salman e desceu do palco, nervoso. Era sua primeira premiação.



O cantor posteriormente mandou uma mensagem para Salman, que respondeu dizendo que ele não deveria ter se vestido tão casualmente e que havia desrespeitado a premiação. Arijit pensou que Salman esqueceria a situação com o tempo. Entretanto, percebeu que isso não aconteceria quando canções suas foram vetadas de Kick e Bajrangi Bhaijaan. Quando Salman rejeitou sua canção em Sultan, ele sabia que isso não terminaria, mesmo tendo recebido a mensagem de que havia sido perdoado. Foi então que sua carta aberta foi postada. Será que um dia Arijit Singh conseguirá cantar para Salman?

Fontes: Hindustan Times, Hindustan Times.

- De novo

A produção de Aashiqui 3 foi confirmada e o filme será estrelado por Alia Bhatt e Sidharth Malhotra. Porque dois filmes ruins não foram o suficiente.

Fonte: DNA India.

- Boladinho

Randeep Hooda e Aishwarya Rai estavam no lançamento de seu filme, Sarbjit, no qual interpretam irmãos. Um jornalista perguntou se o ator havia se sentindo ofuscado por Aish no filme. Randeep ignorou a pergunta, porém o jornalista seguiu repetindo-a, ao que o ator mandou o jornalista calar a boca. O jornalista questionou o porquê de Randeep tê-lo mandado calar-se. O ator disse que não queria responder a pergunta que estava sendo feita repetidamente. O jornalista disse que "sem comentários" teria sido uma resposta melhor. Randeep disse "Sem comentários. Assim está melhor?" e saiu.



Alguém acordou com o pé esquerdo...

Fonte: Miss Malini.

- Na humildade

Com o sucesso de Priyanka Chopra nos Estados Unidos, têm sido frequentes as perguntas a artistas indianos sobre o desejo de atuar fora do país. Shahrukh Khan não se sente seguro para tanto:

"Não acho que sou bom o suficiente. Eu não olhei para outros lugares. Sou uma pessoa patriota. Sempre quis fazer algo grande pelo cinema indiano, mas não como ator; isto não é grandeza. Eu queria criar algo no qual o cinema indiano ganhasse pelo que fiz, como VFX (efeitos visuais), etc.

Sou muito tímido. Mesmo as pessoas com as quais trabalho nos filmes têm que ser minhas amigas. Fico muito estranho perto de pessoas novas. Fico impressionado com aqueles que conseguem sair e falar em uma língua diferente, num set em outro país, e o fazem bem. Mas eu fico com medo."

Fonte: Hindustan Times.

- Nicho




Naseeruddin Shah e Kalki Koechlin recentemente lançaram o filme Waiting. Ele apresenta duas pessoas com histórias de vida diferentes que ficarão amigas no hospital onde estão internados seus cônjuges em estado de coma. O filme foi muito bem recebido pela crítica do Dubai Film Festival. Naseer acha que é um filme para poucos:

"É um filme simples, sóbrio, doce e verdadeiro escrito e feito com o coração. Acho que nenhuma outra fórmula além desta pode fazer de um filme um sucesso. Acredito que este filme tocará os corações de todos. 'Waiting' não é para o público que assovia ao assistir os filmes de Salman e Shahrukh. Mas, felizmente, há uma parte do público que aprecia ou gosta desses filmes."

Naseer só esqueceu de falar sobre nós, os híbridos que assoviamos em Dabangg e choramos em That Girl In Yelllow Boots. #chateada

Assista ao trailer de Waiting aqui.

Fonte: DNA India.

- Chega de body-shaming

Lembram do Fardeen Khan, que estrelou Heyy Babyy junto com Akshay e Riteish? Uma foto atual sua rodou a internet durante a semana e causou muitos comentários negativos, pois o ator engordou bastante. Veja a mudança:


Após ser alvo de inúmeros memes cruéis, Fardeen resolveu manifestar-se por meio de um post em sua página do Facebook.

"Nem envergonhado e nem embaraçado. Nem ofendido. Nem deprimido. Nem cego, também. Feliz? Enfaticamente! De fato, vivendo o capítulo mais feliz até agora, com quilos para mostrar isso.

Feliz por ter sido o entretenimento do fim de semana para todos vocês, trolls. Se vocês se divertiram o suficiente, por favor, tirem um momento para olharem seus próprios reflexos. Se trollar é o que os faz sentirem-se bem consigo mesmos, vocês têm que seriamente pensar sobre suas perspectivas de futuro. Meus melhore desejos."

O ator também agradeceu àqueles que falaram contra toda a zombaria da qual foi alvo, estimulando a todos que não calem suas vozes perante esse tipo de comportamento online. Você pode ler a postagem original aqui.

Fontes: Facebook, DNA India.

- Mais girl power

-
Rhea Kapoor começará a produção de Veera Di Shaadi. O filme será dirigido por Shashank Ghosh e terá Sonam (irmã de Rhea) no elenco. O filme realizará meu antigo sonho de ver um filme indiano sobre uma viagem de amigas. Só não esperava que o sonho se realizaria com Sonam e Kareena Kapoor nos papéis principais.

O filme será sobre um casamento Punjabi daqueles bem grandes, barulhentos e tradicionais. Quatro amigas viajarão de Délhi para a Europa e tudo isso culminará no casamento da personagem Veera. Kareena ficou interessada e assegurou-se de que teria o papel mais importante. Alguns dizem que será um remake de Quatro Amigas e Um Jeans Viajante, mas essa sinopse não lembra nem um pouco o filme. Será que sairá coisa boa de um filme com as gossip girls oficiais de Bollywood?

Fonte: DNA India.

- O mito da beleza

Richa Chadha é uma atriz especial. Além de ser aclamada pela crítica, costuma usar seu espaço público para tratar de questões importantes. Desta vez, a atriz contou em uma palestra no TEDx Talk sobre suas questões pessoais com peso, saúde e imagem. Richa conta que sempre havia se visto como uma jovem bonita, mas que sua confiança começou a enfraquecer quando se mudou para Mumbai a fim de tornar-se atriz.

"Há muita pressão porque todos estão julgando você pela sua aparência. Na tela, seu rosto é ampliado, então as pessoas estão apontando para o seu nariz, olhos, queixo, sorriso e até mesmo seus cílios.

Me disseram que eu deveria ganhar peso, então perder peso, operar meu nariz e aumentar meus lábios, colocar silicone, perder as gordurinhas, deixar o cabelo crescer, cortá-lo, pôr cílios postiços, agachar para ter um bumbum maior, fazer unhas falsas com gel, correr de salto, usar lingerie modeladora, fazer biquinho enquanto falava, focar em dilatar as pupilas e ouvir com atenção."

Richa dividiu-se entre dois personagens muito diferente no ano passado. Para Sarbjit foi necessário ser uma forte mulher Punjabi, enquanto Cabaret exigia o corpo de uma dançarina. O desequilíbrio a deixou nervosa e fez com que desenvolvesse um transtorno alimentar. A atriz passava horas em jejum, comendo apenas barras de proteínas e tomando latas de Red Bull. A culpa era o sentimento constante quando sentia fome. A situação mudou apenas quando assistiu ao documentário sobre Amy Winehouse (que sofria de bulimia) durante um vôo.

"Era um vôo de nove horas. Eu vi o filme nas primeiras duas horas e passei o resto do vôo chorando, aterrissando com os olhos vermelhos e inchados. Mas estar longe das pessoas ajudou e decidi tomar o controle da minha vida e do meu corpo."



Richa voltou a comer de forma saudável com ajuda profissional e familiar. E decidiu falar sobre isso por perceber a dimensão do que ocorria com ela.

Em Cabaret
"A razão pela qual estou falando sobre isso é porque conheço não apenas atrizes, mas donas de casa e adolescentes que estão lutando com esse problema de pobre menina rica. Em um momento em que o Ocidente está celebrando curvas, nós estamos pedindo medicamentos para queimar gorduras e vivendo de suplementos que podem acabar com os hormônios de uma mulher e com sua capacidade de ter filhos, e levar a perda de esperma e cabelo nos homens."

O fenômeno do body-shaming (o ato de humilhar outra pessoa devido ao seu corpo) é atual e Richa cita um exemplo recente:

"Eu vi o quão violentamente Aishwarya (Rai Bachchan) foi atacada por pessoas desocupadas após ter seu bebê. Tudo o que posso dizer é que minha avó de 87 anos tem um pequeno, mas saudável jantar diário de arroz, chapati, sabzi e nunca perde sua sobremesa. Ela ri quando eu fujo do sorvete e é tão magra e bela quanto era quando jovem. Eu gostaria de dizer às pessoas para que amem a si próprias do jeito que são, sem se preocupar com a percepção popular."

Fontes: Mumbai Mirror, Gulf News, Youtube.

E com esta bela mensagem de autoaceitação, fechamos a coluna de hoje. Até a próxima!

2 comentários:

  1. "Vocês todos me fazem dormir" Sincericídio Oo
    Raquel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é o que mais mata em Bollywood!

      Excluir

E aí, o que tem a dizer? Deewaneie!

Comentários ofensivos serão excluídos.