Aconteceu em Bolly

9.10.16 Carol Batista 6 Comments



Não sei como ainda mantenho a fé em Bollywood. Nesta semana tivemos xenofobia, grosseria, amizades estremecidas, perseguição a adolescentes e uma polêmica que insiste em não morrer. Preparou o estômago? Então descubra o que aconteceu em Bolly!

- Sem palavras.

Essa foi a primeira notícia que li ao voltar a escrever a coluna e logo após lê-la, perdi a vontade de continuar a tarefa. Às vezes parece que nada nunca vai mudar na Índia. É cansativo. 

No dia 18 de setembro, quatro terroristas paquistaneses atacaram a cidade de Uri, em Kashmir. Dezenove soldados indianos foram mortos no ataque. Como sempre acontece na Índia, a situação saiu do controle. A Associação de Produtores de Filmes Indianos baniu a presença de atores e técnicos paquistaneses nas indústrias cinematográficas "até que a normalidade seja restaurada". O presidente da organização chegou a declarar que paquistaneses seriam banidos para sempre da indústria e pediu ao governo que os expulse do país.

Esse momento absurdo de xenofobia tem nosso querido Fawad Khan como sua vítima mais famosa. Ele voltaria à Índia agora em outubro para o lançamento de seu filme Ae Dil Hai Mushkil - uma grande produção com direção de Karan Johar e estrelada também por Ranbir Kapoor, Aishwarya Rai e Anushka Sharma. Talvez ele não faça parte da turnê de divulgação do filme, que está sendo ameaçado por partidos ultra-conservadores. Outro filme ameaçado pela polêmica é Raees, estrelado por Shahrukh Khan. Ele marcará a estreia da paquistanesa Mahira Khan em produções indianas.

Enquanto essa insensatez ocorre, há membros da indústria posicionando-se contra ou a favor do banimento. A diretora Farah Khan (Om Shanti Om, Happy New Year) deu a seguinte declaração:

"Acho que a partir de agora, se estão dizendo que não devemos trabalhar com eles, eu digo que temos talentos o suficiente em nosso país e devemos trabalhar com as pessoas do nosso país. O que nós não temos, que eles têm? Acho que somos muito melhores. Então, trabalharemos com o nosso povo. Eu definitivamente preferiria pegar alguém do meu país para os meus filmes."

Karan Johar e Salman Khan defendem que arte e política não devam ser misturadas. Como tudo pode piorar, o Paquistão suspendeu a exibição de filmes indianos em seus cinemas em solidariedade aos seus artistas. Como a indústria cinematográfica do país depende majoritariamente de filmes indianos para manter o circuito, é provável que a proibição apenas favoreça a pirataria.

Muitas mensagens circularam nas redes sociais nas últimas semanas atribuindo declarações polêmicas ao ator Fawad Khan, como "O coração dos indianos é tão pequeno" e "O Paquistão é a minha primeira prioridade". O ator finalmente fez uma declaração pública em tom diplomático na sua página no Facebook. 

"Estou em Lahore desde julho, já que minha esposa e eu estivemos esperando nossa segunda filha. Recebi numerosas solicitações da mídia e de pessoas que me desejam bem no mundo inteiro perguntando meus pensamentos sobre os tristes incidentes que ocorreram nas últimas semanas. Como pai de duas crianças pequenas, eu oro e desejo, assim como muitos outros, que juntos possamos construir e viver em um mundo mais pacífico. Acredito que devamos isso aos nossos filhos, que definirão o nosso amanhã.

Esta é a primeira vez que falei sobre o assunto. Por favor, desconsiderem quaisquer outras palavras atribuídas a mim durante este tempo, porque eu não as disse. Agradeço a todos os meus fãs e aos meus colegas artistas do Paquistão, da Índia e às pessoas em geral do mundo todo que demonstraram contínuo suporte por sua crença no amor e na compreensão para unir um mundo dividido."

Há pessoas defendendo de tudo em todos os lados, mas a realidade é uma só: raramente se viu um momento tão triste para a arte.


- Nervosinho

Um usuário do Twitter postou que viu que o carro do ator Varun Dhawan havia batido em outro numa estrada de Juhu. Parece que era o carro do ator, mas na verdade quem estava dentro eram membros de sua família, que ele foi socorrer. Felizmente, ninguém se feriu. O tweet de Varun em resposta foi:

"O carro que foi danificado é meu. Eu fui ajudar alguém da minha família que sofreu um acidente. Sugiro que você cale a boca. A todos perguntando, todos da minha família estão bem e ninguém está ferido. Obrigado."

Bolado.jpg

- Já houve mais amor

Ajay Devgan contou que a amizade entre sua esposa, Kajol, e o diretor Karan Johar não é mais a mesma.

"Eu não sou amigo dele. Até mesmo a relação dele com a Kajol não é a mesma de antes. É uma questão pessoal...não é devido a nada profissional. É um sentimento pessoal e doloroso. Não tem nada a ver com o embate."

O embate ao qual Ajay se refere é choque entre o seu primeiro filme como diretor, Shivaay, e o próximo filme de Karan, Ae Dil Hai Mushkil. Ambos estrearão no dia 28 de outubro.


- Que ano é hoje?

Nawazuddin Siddiqui foi acusado por sua cunhada de exigir que ela pagasse dote. O ator compareceu à delegacia de Muzaffarnagar e entregou evidências de sua inocência. Ele também declarou que a cunhada está fazendo isso por publicidade. Parece coisa de filme antigo do interior.


- Pelo direito de ser adolescente

Navya Naveli tem tudo para estar em evidência. Além de linda e rica, é neta de Amitabh Bachchan. Tudo o que ela posta é replicado imediatamente em inúmeros sites de notícias. Mas sua mãe não está nada feliz com isso. Shweta Bachchan escreveu um texto chamado "O pedido de uma mãe", pedindo o direito à privacidade de sua filha de volta.

"Ela é uma adolescente, e, como a maioria dos jovens adolescentes farão, ela gosta de se arrumar, sair com os amigos, posar para fotos e sim, ir à festas (ela tem um horário e sempre está em casa muito antes de ele passar. Se ela estiver na praia, usará roupas adequadas para a praia - ou seja, um biquíni -, assim como faria qualquer jovem em qualquer lugar. Se houver música, ela dançará tanto quanto seus colegas o fariam. Ela irá fazer biquinho, agirá como adolescente, sairá com garotos - da última vez que chequei, eram comportamentos absolutamente normais de adolescentes.

(...) todas as suas contas em redes sociais são privadas e ela não está no Twitter. Então, isso levanta a questão: como as suas fotos aparecem por toda a internet? Aqui está como isso ocorre. Os sites com interesse em Bollywood e no que acontece por lá criam falsos perfis (a maioria em nome dos seus amigos) e enviam pedidos para qualquer um que a siga e às vezes também para ela. Então eles roubam as fotos das contas dos amigos dela e as usam para postar em sites, com legendas irresponsáveis e desrespeitosas, a maioria perto de objetificá-la e envergonhá-la. Isto acontece com a minha filha desde que ela tinha 13 anos de idade!"

É realmente vergonhoso o nível de exposição e o tipo de matérias que fazem sobre os filhos de Bollywood. São todos crianças grandes, passando pelo momento mais frágil e confuso da vida. Imagina como seria ter cada imagem e passo seus replicados em sites enormes com milhares de comentários dando a entender que você é uma vadia? Shweta fez muito bem em defender a filha.

Fonte: DNA India.

- A história sem fim

A confusão entre Hrithik Roshan e Kangana Ranaut parece que jamais terá fim. Desde que Kangana o acusou de ter um relacionamento com ela por e-mails durante anos e ele levou o caso à polícia para provar que nunca enviou nada, segue firme a guerra de farpas diretas e indiretas. Recentemente, Rakesh Roshan declarou que seu filho decidiu manter um silêncio digno quando alguém estava espalhando mentiras sobre ele e que todos ficariam chocados caso Hrithik dissesse a verdade. Ao ser questionada sobre esse comentário, Kangana mais uma vez não conseguiu ficar quieta:

"Por que os homens não conseguem lutar por si próprios? Ele é um homem de 43 anos. Por que seu pai sempre tem que salvá-lo? Eles continuarão se escondendo atrás de seus pais influentes e importantes. Ele é adulto, ele consegue lidar muito bem com suas próprias polêmicas. É apenas uma simples polêmica, por que os papais sempre têm que salvar seus filhos? Não entendendo isto."

Rakesh decidiu também não deixar barato:

"Eu ainda sou um pai muito atuante e muito orgulhosamente tenho papel ativo na vida do meu filho. E para aqueles que acham isso inaceitável, deixe-me dizer que, para os pais, os filhos, tenham 43 ou 83 anos, ainda são seus filhos."


Kangana ainda morre pela boca, mas certamente mantém as colunas de fofocas bem mais divertidas.


- Possibilidades

O conturbado namoro de Aishwarya Rai e Salman Khan fez com que os dois atores nunca mais atuassem juntos no mesmo filme ou mesmo frequentassem os mesmos lugares. Mas parece que Aish está disposta a deixar isso tudo para trás. O crítico de cinema Rajeev Masand contou que ela estaria disposta a trabalhar de novo com Salman, desde que o roteiro e o diretor do filme fossem extraordinários. Será que rola um Hum Dil De Chuke Sanam 2?



Fonte: Miss Malini.

- Casal fofo

Shahid Kapoor e a esposa Mira compartilharam sua primeira selfie juntos após o nascimento de sua filha, Misha (cujo nome é a união dos nomes dos pais). Não tem nada demais, não. É que os dois são lindos mesmo com cara de cansados e me senti na obrigação de compartilhar toda essa beleza.

Uma foto publicada por Shahid Kapoor (@shahidkapoor) em


E é com essa imagem de alegria cansada que finalizamos hoje. Até a próxima!

6 comentários:

  1. Maravilhoso post! Estávamos com muita saudade, sabia? 😘

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Também estava com saudades, ainda bem que vocês não esquecem do blog :)

      Excluir
  2. Um filme com Aishwarya Rai, Salman Khan e SRK seria uma utopia ?

    Raquel

    ResponderExcluir
  3. Eu queria saber como e quando terminou o lance entre a Priyanka e o Shahid?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que terminou lá para 2013 e foi algo tão normal que mal foi noticiado, ninguém nem prestou muita atenção. Pesquisei aqui e o rumor é de que ambos tinham estilos de vida diferentes: a Priyanka é muito extrovertida e ama sair e o Shahid é conhecido por ser muito fechado e caseiro.

      Excluir

E aí, o que tem a dizer? Deewaneie!

Comentários ofensivos serão excluídos.