Feliz aniversário, Shahid Kapoor!

25.2.12 Carol Batista 4 Comments

Jab We Met foi um dos meus primeiros filmes indianos. Tenho um carinho especial por tudo o que vi naquele tempo, mas este é um dos mais especiais por ter dado início à minha admiração pelo Shahid Kapoor. Acreditem, não sou a pessoa mais romântica do mundo, mas até que eu era bastante na época (sweet 17) e rapidamente me apaixonei pelo Aditya. Certo, "mas o Shahid é bonito, qualquer uma se apaixona por ele!", podem dizer. Ah, isto é verdade. Só que realmente gosto de sua atuação. É um meio-termo muito digno: não exagera como o Shahrukh e não parece desanimado como o Imran Khan. 

É claro que não foi sempre assim. Seus primeiros filmes são uma coisa muito triste de ver, creiam. E sou daquelas fãs reclamonas, então não tenham dúvidas quando falo que são pavorosos. Gosto de ver o crescimento que ele teve, é espetacular! Ainda assim, não gosto de metade (ou mais que isso) de seus filmes. Nem toda a beleza do mundo me fará engolir a bobagem sem brilho que é Kismat Konnection, por exemplo. Como fã dele, costumo ser mais surpreendida negativa do que positivamente por suas escolhas de trabalho. Mas sigo firme porque com exceção de um ou outro Dil Bole Hadippa! da vida, ele se sai bem mesmo dentro de projetos ruins, como o desnecessário Paathshaala.

O post de hoje é para celebrar a alegria que o Sr. Kapoor traz à minha vida. Selecionei dez clipes que podem não ser aqueles em que dança melhor ou os mais famosos, mas trazem um sorriso ao meu rosto e fazem parte da minha vida. Não estão em ordem de favoritismo!

1) Tum Se Hi (Jab We Met, 2007)

Ele parece tão sereno neste clipe! Além de a música ser muito bonita, mostra a transição do Aditya de mocinho magoado para homem alegre. Gosto como ele vê a Geet por todo lugar, de como o vemos tomando-a como inspiração para ser feliz, do olhar carinhoso do Shahid e da bela voz do Mohit Chauhan embalando tudo. E não é comovente a cena do casal na chuva? Nos meus românticos 17 anos, chorei a lot. Nos reflexivos (cóf!) 20, mesma reação, estou mais contida.

É lindo quando ela o acorda! Quanto mais bagunçado os cabelos dele, mais gosto. Certo, chega. Idade mental caindo em 5, 4, 3...


2) Yaba Daba Yahoo (Chance Pe Dance, 2010)

Às vezes sinto que esse clipe força demais uma fofura, mas não tenho como resistir a Shahid dançando o passinho do "estamos nos afogando, tapem o nariz" com um bando de crianças. A música é divertida e o visual gatinhos dos anos 50 de todos só a deixa mais legal.



3) Aye Khuda (Paathshaala, 2010)

Mal me lembro do Shahid neste clipe. O que importa é a música, tão doce! E a Ayesha Takia, de quem gosto muito, com muito vento na cabeleira.

Alguém nota uma preferência por clipes com crianças aqui, hein?



Melhor comentário de todos: "some of the fakest kids i have ever seen".


4) 24x 7 (36 China Town, 2006)

O nome da música já a faz valer a pena. Depois vem o refrão chiclete "24 x 7 I think of you". Shahid e Kareena parecem estar se aproveitando da loucura de quem projetou o clipe para tirar a maior diversão possível da experiência! Eu definitivamente adoraria entrar num voo e ter aqueles dois como parte da tripulação. Dos óculos escuros na neve até o Rei Shahid e a Rainha Bebo cercados por militares dançantes, é puro entretenimento nonsense.



5) Hamari Shaadi Mein (Vivah, 2006)

Prem fazendo a maior bagunça no avião e tratando toda e qualquer mulher como Poonam, sua noiva! A música é ótima e é um dos momentos mais divertidos tanto dele quanto da Amrita no filme.



6) Mauja Hi Mauja (Jab We Met, 2007)

É por esta música que até hoje associo a voz do Mika Singh ao Shahid. Em meio a todas aquelas dançarinas e luzes, pode-se ver o ótimo dançarino que o nosso aniversariante é.

Só eu sei o quanto fazia essa coreografia pela casa lá pelos idos de 2009. Infelizmente, estou longe de ter os pés mágicos de Vyjayanthi e o que saía era uma coisa muito estranha.



7) Sajh Dhaj Ke (Mausam, 2011)

Música no Punjab. Sobre o Punjab. É tudo o que gosto e um pouco mais.

Como não vejo clipes antes dos filmes, passei meses apenas ouvindo a música e imaginando como seria o clipe a partir de uma única imagem que vi dele. Quando chegou a hora, era muito melhor do que sonhava. Tinha as cores já esperadas, mas a letra era engraçada! Bom humor no Punjab - pouco pode ser melhor que isto. Pena que o resto do filme estragou o que estava ótimo.



8) Dhan Te Nan  (Kaminey, 2009)

Eles estão loucos, eles estão com dinheiro, eles tem o poder, a noite é deles, eles querem curtir a vida! Eles são os reis do mundo!



Kaminey é um daqueles poucos filmes do Shahid que são excelentes do início ao fim.

9) Fatak (Kaminey, 2009)

Ao ver um filme indiano, não se espera que a música de abertura seja um pedido de conscientização em relação à AIDS. Valeu muito a pena. Já notaram como as trilhas dos filmes do Vishal Bhardwaj são boas? Fatak tem um ritmo incrível!

"E quanto ao Shahid, Carol?". Sério, não ficarei repetindo que ele estava ótimo. Essa é a ideia da lista, oras. E Kaminey foi um dos melhores filmes que já fez.



10) Soniye (Kismat Konnection, 2008)

Esta talvez seja a música que mais gosto na trilha, que até hoje não entendo que encanto exerce sobre mim. Shahid e Vidya estão agradáveis no clipe, que por algum motivo me lembra clipes de filmes do começo dos anos 2000, como Mujhse Dosti Karoge. São clipes que não tem competência para se tornarem clássicos, mas conseguem agradar com uma musiquinha alegre e um pouco de cores. Típico clipe NRI.



Que o moço aniversariante tenha uma vida muito feliz e cresça em sua carreira, pois poucos tem talentos como os dele na indústria - dança e atua muito bem, o que é mais raro do que parece. Feliz aniversário para o Shahid Kapoor! 

4 comentários:

  1. Waaa Carolzinha, fez o que eu queria fazer, mas perdi o ânimo!! O post tá maravilhoso e posso dizer que meu baby será o próximo rei de Bollywood, quando SRK estiver a lá Big B kkkkk.
    Tenho que concordar que o meu Shasha foi bem infeliz nos projetos que escolheram ou ele escolheu pra ele e acho que até agora o pior pra mim fou Chance Pe Dance, não sei se é por que não boto muita fé na Genelia ou se é por que a história ficou vazia, que não consigo gostar do filme. E depois tenho que admitir que essa seleção de video que você fez foi perfeito, exceto pelo fato que adicionaria mais duas que seria Nagada Nagada de Jab We Met e Ghomer de Chup Chup Ke. E apesar de saber que a Carolzita não gosta de Milenge Milengue, mas tenho uma paixão por esse filme não sei se é por que foi meu 1° filme com o Shahid, mas tenho uma enorme pelo filme e pela Kareena, que sempre admito que ela é uma das que mais combina com ele (irão me matar por causa disso). Estou torcendo por Teri Meri Kahani (nome provisório do filme) para que seja um bom filme, apesar de saber que ele tá gravando com a Bitch da Priyanka Chopra!!! Então Feliz Aniversário para o amor e razão (exagerei) da minha vida xD Shasha, I ♥ u!!

    ResponderExcluir
  2. Sara, eu pensei: "Se fiz um post sobre a dor da morte do Dev Anand, por que não um sobre a alegria pela vida do Shahid Kapoor?" E cá estamos.

    Chance Pe Dance é realmente bem vazio, pouco vale a pena ali. Mal lembro do filme, mas sei que pelo menos bonitinho foi.

    Nagada Nagada me impressiona mais pelo clima em geral e pela Geet/irmã da Geet do que pelo Shahid em si. Já Chup Chup Ke só me marcou por uma cena hilária que adoro, mas a ordem do dia eram clipes musicais!

    Milenge Milenge foi uma coisa muito triste na minha vida: meses de espera e aquilo de resultado. É como esperar Jodhaa Akbar e receber I Hate Luv Storys no lugar: muito, muito decepcionante.

    Também gosto muito da Kareena com ele, na verdade ele não teve química com poucas, como Vidya e até mesmo a Priyanka. E por falar nela, não estou com um pingo de ansiedade por TMK (parece Tees Maar Khan).

    E parabéns pro moço!

    ResponderExcluir
  3. Tbm sou fa do shahid , gostei do seu post , temos a mesmo opinião ,mais vou aqui continuando adorando o shahid !! ;)

    ResponderExcluir
  4. E eu vou continuar suspirando...hahahah ;)

    ResponderExcluir

E aí, o que tem a dizer? Deewaneie!

Comentários ofensivos serão excluídos.