Top 10 de músicas favoritas de 2010

30.12.10 Carol Batista 0 Comments

Eu gostaria muito (muito mesmo) de fazer um Top 10 com músicas dos filmes lançados em 2010, mas isto não teria nada a ver com a proposta do blog. Ainda assim, eu amo essas coisas de listas e pensei em fazer um Top 10 com as músicas de filmes antigos que eu mais ouvi/amei em 2010. Vai ser uma lista difícil, já que só comecei a ver filmes antigos neste ano. Sou muito novinha em cinema indiano e adoro isto...a emoção do começo é sempre a melhor.

Há muitas músicas que ficam menos interessantes quando vemos seus vídeos, assim como há as que mal ouvíamos e passamos a amar depois de ver o vídeo. Os dois casos aconteceram bastante comigo. Reparem que só há quatro cantores na lista inteira, então acabei de perceber quem são meus favoritos.

Chega de papo, vamos à lista.

(10) Ae Mohabbat Zindabad de Mughal-E-Azam (1960)
Trilha de: Naushad.

Música do meu primeiro filme indiano antigo e que me fez cair em um amor incurável por Mohammed Rafi. Eu estava apenas gostando do filme, até que esta canção tocou. Lembro que parecia que a força da voz do Rafi estava envolvendo a minha mente e todo o ambiente ao meu redor. Talvez seja isto o que chamam de arrebatamento.

Vou pôr o vídeo da versão colorida do filme por ter sido a que assisti, mas seria mais correto pôr a original em preto e branco. Bem, a voz do Rafi é a mesma nas duas.


(9) Salaam-E-Ishq de Muqaddar Ka Sikandar (1978)
Trilha de: Kalyanji Anandji.

Kishore Kumar e Lata Mangeshkar: dupla que me faz feliz num nível muito grande. Quem me apresentou à esta música foi o Pedro (um das poucas pessoas que conheço que ama cinema indiano antigo), e os sons dela  me dão muita vontade de me vestir de Rekha e sair dançando por aí  aliás, aquele figurino dela é l-i-n-d-o. Esta música me fez assistir ao filme, sobre o qual escreverei algum dia.

Não acho o clipe sensacional por já ter visto outros melhores de cortesãs, acho até que ele é pouco para a música. Ainda assim, Amitabh bêbado com a voz do meu (!) Kishore Kumar e o olhar profundo de Rekha para ele não perdem a beleza.



(8) Gaata Rahe Mera Dil de Guide (1965)
Trilha de: S.D. Burman.

Eu realmente não me lembrava do vídeo desta música até revê-lo agora. Ele faz parte do que eu chamo da lista whatever de vídeos de Guide: são uns três ou quatro musicais dos quais nunca me lembro. Guide é um filme que tem musicais que ficam na sua mente por meses ou musicais facilmente esquecíveis.

Gaata Rahe foi aquela música que me conquistou por si só. É doce, divertida, tem um ritmo ótimo para dançar e uma dupla irresistível: Lata Mangeshkar e Kishore Kumar. Adoro o comecinho da música, sempre grito junto com o Kishore. Vejam que bonitinhos a Waheeda e o Dev no vídeo:



(7) Ho Ek Baar de Suraj (1968)
Trilha de: Shankar- Jaikishan.

No primeiro momento em que vi este vídeo, já fiquei apaixonada. Não conseguia parar de olhar para o figurino da Vyjayanthimala, para as danças, o céu azul, a terra,  os vasos sendo jogados ao alto, a alegria de todos dançando, o Rajendra brincando. Queria saber quantas vezes na vida já assisti a este vídeo, que sempre me deixa com um sorriso enorme no rosto. Foi um caso clássico de vídeo que me fez amar a música.

Se não me engano, foi a primeira música que ouvi com Asha Bhosle e Mohammed Rafi juntos. Mal vejo a hora de assisti a Suraj!


(6) Nain Lad Jaye Hain de Gunga Jumna (1961)
Trilha de: Naushad.

Tá aí: amor que surgiu do nada. Eu assisti a Gunga Jumna e me apaixonei por exatamente todos os clipes, mas nenhum era especial. Acontece que eu fiz a legenda do filme e quando estava na parte desta música, repentinamente comecei a ficar feliz. Repetia o vídeo no Youtube incessantemente, depois colocava a música e ficava lembrando do Dilip pulando. É tão lindinho vê-lo cantando sobre o sentimento novo de estar apaixonado! Voz do Rafi de novo.

A legenda é minha e o clipe foi postado no Youtube pela Lalita. Possíveis erros de tradução não serão culpa minha, mas da abençoada legenda em inglês! Bá, que lindo o Dilip.


(5) Tera Phoolon Jaisa Rang de Kabhi Kabhie (1976)
Trilha de: Khayyam.

Esta música é MUITO especial. Por que? Porque foi nela que me apaixonei por Rishi Kapoor. Precisa de mais? Ele tinha tanta energia e alegria dançando, sem contar aquela carinha fofa, linda, aaaah! Gente, eu pareço garotinha de fã-clube quando se trata do Rishi Kapoor. Até grito vendo alguns vídeos dele! *rishete* A Neetu é a moça de branco, faz um par lindo com aquele que hoje é seu marido.

Dueto de Lata Mangeshkar e Kishore Kumar. Fui procurar um vídeo no Youtube que tivesse a música toda e também uma boa imagem. Daí encontrei dois vídeos: um tem excelente imagem e a voz do Kishore não está  como estou acostumada, enquanto o outro está com a voz que gosto e imagem ruim. Cada um escolha o que preferir!



(4) Dil Pukare de Jewel Thief (1967)
Trilha de: S.D. Burman.

Acho que o figurino da Vyjayanthimala foi uma das coisas que me fez amar Dil Pukare, ela está parecendo uma joaninha ou algum doce bonitinho de confeitaria. A música é doce, ponto. Fico lembrando das minhas viagens de ônibus pelo Rio de Janeiro. Quando vinha o sonzinho do início, eu já me sentia relaxada.

Música cantada por Lata e Rafi.


(3) Piya Tose Naina Laage Re de Guide (1965)
Trilha de: S.D. Burman.

Waheeda Rehman: linda, elegante, graciosa, encantadora. Acho que foi em Piya Tose que ela se transformou na minha diva favorita da antiga Bollywood. Ouvi tanto esta música que meu Windows Media Player deve estar cansado dela! Salve Lata Mangeshkar, Waheeda Rehman e todas as cores deste mundo. Waheeda, já disse que te amo?


(2) Piya Tu Ab To Aaja de Caravan (1971)
Trilha de: R.D. Burman.

TÁ AÍ A MINHA MÚSICA DE SOLTAR A FRANGA. Essa eu conheci no Youtube mesmo, e quando estou no meu momento Helen em Piya Tu...sai de baixo. É claro que este momento só acontece quando estou sozinha.

Não dá para entender o que estou dizendo sem ver o vídeo. Claro que é cantada por Asha Bhosle: ninguém ousou como ela. Vejam minha diva dos item numbers e entendam.


(1) O Saathi Re de Muqaddar Ka Sikandar (1978)
Trilha de: Kalyanji Anandji.

Sei que há músicas melhores. Sei que há vídeos melhores. Mas o que fazer se esta foi a música que mais tocou meu coração em 2010 (sim, isto foi brutalmente cafona)? Tive infinitos momentos de fossa este ano, pelos mais variados motivos. Em quase todos, lá estava O Saathi Re me fazendo companhia. Tem algo de tão triste na voz do Kishore Kumar nesta música, e este algo sempre me desequilibra. Fui pegar o vídeo para o post agora e já comecei a chorar. É, me sinto uma idiota com esta música.

Agora está chovendo aqui no Rio de Janeiro, e para mim os dias de chuva são os melhores para ouvir esta canção. Vou aproveitar!


Espero que 2011 seja como 2010, e que muito mais trilhas façam dos meus dias os melhores. Mal vejo a hora de explorar novos filmes!

Até mais!

0 comentários:

E aí, o que tem a dizer? Deewaneie!

Comentários ofensivos serão excluídos.