Aconteceu em Bolly

23.1.16 Carol Batista 3 Comments


A semana foi mais tranquila em Bollywood, mas não deixou de ser movimentada - especialmente no campo afetivo. Tivemos mais uma separação, um casamento, um retorno de namoro e uma quase-confirmação de namoro. Também teve gente abrindo o coração como nunca. Saibam o que aconteceu em Bolly!

- Aquele que nunca se encaixa

Karan Johar em breve lançará sua biografia, chamada An Unsuitable Boy (em tradução livre, "Um menino inadequado", alguém que não se encaixa). O diretor e produtor falou sobre suas dificuldades ao longo da vida durante o Festival de Literatura de Jaipur:

"Eu odiava a palavra 'maricas' e fui chamado disso quando criança. Eu era afeminado quando criança e passava noites sem dormir pensando no fato de que era diferente das outras crianças."

Karan foi obeso durante muitos anos e contou sobre a importância dos pais:

"Mesmo quando eu pesava 150 kg, minha mãe dizia que eu era o menino mais lindo do mundo e meu pai disse que se eu perdesse um pouco de barriga, eu poderia ser um herói nos filmes hindi."

Questionado sobre a representação negativa das homossexualidade em seus filmes, Karan apresentou uma visão diferente sobre o assunto:

"Seja em Kal Ho Naa Ho ou Dostana, eu discuti o assunto no cinema comercial. Eu recebi tantas cartas de jovens dizendo que meus filmes ajudaram seus pais a identificar sua sexualidade. Agora há muitos filmes sobre o público LGBT e tenho orgulho de ter iniciado isto."

A vida nem sempre foi fácil para a família Johar:

"Quando meu pai teve alguns filmes fracassados, tivemos que vender nossas jóias e a casa. Ele não era convidado para festas de lançamento e foi uma época terrível."

Karan não evitou falar sobre o polêmico assunto da liberdade de expressão na Índia e explicou por que não se manifestou a respeito da questão da intolerância recentemente:

"Sair do armário nos dias de hoje pode pôr você na prisão. Estamos em um país difícil para falar sobre a sua vida pessoal. E sinto-me muito triste por isso porque sendo uma figura pública, espera-se que você lidere um certo movimento, que fale sobre a liberdade de expressão, que é a maior piada do mundo. Democracia é a segunda maior piada, acho."



- Mais separação

O ano não está fácil para o amor em Bollywood. O mais recente divórcio é o de Farhan Akhtar e a empresária e cabeleireira Adhuna, com quem estava casado há 16 anos. O casal tem duas filhas, chamadas Shakya e Akira.



- Devoradora de livros

Kajol é conhecida por ser uma leitora voraz e por preferir ler a qualquer outra atividade de lazer. Também presente no Festival de Literatura de Jaipur, a atriz contou sobre a condição que ofereceu a Ajay Devgan antes de se casar com ele:

"Eu disse ao meu marido 'só me casarei com você se você me der a biblioteca de A Bela e a Fera'. Esse foi o nosso acordo romântico."

O seu amor pela leitura foi nutrido pela mãe, a também atriz Tanuja:

"Eu não me lembro de uma época em que não visse um livro perto da minha mãe. Ela tinha uma biblioteca de 400 livros no quarto dela, logo acima da cabeça dela. Eu também tenho uma biblioteca no meu quarto, de fato, tenho três bibliotecas na minha casa."



Com o retorno do tema da intolerância, ela manifestou uma opinião diferente da do amigo Karan Johar:

"Nossa indústria sempre refletirá o que está acontecendo na sociedade. Ela seguirá em frente e todos são bem-vindos. Não há linhas divisórias, casta, credo e nenhuma intolerância em Bollywood."

Fonte: NDTV.

- Se arrependimento matasse...

Por falar em Kajol, Dilwale não chegou nem perto do que ela esperava. Shahrukh Khan já declarou publicamente sua decepção com o mau desempenho do filme e brincou com o assunto recentemente em uma premiação. Kajol não gostou das piadas. Seu maior arrependimento foi ter escolhido estrelar Dilwale em vez de Durga Rani Singh, que será dirigido por Sujoy Ghosh - do aclamadíssimo Kahaani. O papel ficou com nossa amada Vidya Balan, mas parece que em breve Kajol estará num filme centrado na mulher.

Fonte: Pinkvilla.

- Coragem

Foi lançado o primeiro pôster de Neerja, o próximo filme de Sonam Kapoor. O filme contará a história real da aeromoça Neerja Bhanot, que foi assassinada ao salvar os passageiros de um vôo sequestrado por terroristas em 1986. A imagem do pôster é forte e mostra Sonam enfrentado uma arma apontada para sua cabeça, logo abaixo da frase "O medo deu coragem a ela". A estreia está prevista para 19 de fevereiro.




- Futuras estrelas

Os filhos das estrelas de Bollywood estão crescendo, dominando as redes sociais e recebendo todo tipo de reação: do amor ao ódio vindo de desconhecidos. E eles não estão ficando quietos quando não gostam do que lêem! Recentemente uma seguidora postou ofensas ao corpo de Khushi, filha da atriz Sridevi. Este é um trecho do que ela respondeu:

Eu posto as minhas fotos porque sinto-me bem e segura. Eu coloco essas fotos não porque quero me exibir ou tentar ser alguém ou alguma coisa. Eu tenho meu próprio senso de estilo e meu próprio modo de pensar, e eu colocar uma foto que é acessível a tantas pessoas é entendido mais como uma oportunidade de julgar a mim ou à minha aparência, roupas ou outra coisa. Eu posto algo porque é algo sobre o qual me sinto bem, todos têm direito à sua própria opinião, mas criticar alguém por isso não faz de você uma pessoa melhor. Por favor, pense duas vezes antes de decidir comentar algo rude ou ofensivo, não é uma piada. É triste como hoje em dia, quando o feminismo finalmente está recebendo a atenção que merece, as garotas ainda sentem a necessidade de destruir as outras e fazê-las sentirem vergonha de seus corpos. Eu não me importo se você acha que minha barriga está grande ou se eu não me encaixo na sua ideia de beleza, mas pela sua própria consciência, por favor, perceba que ter opiniões tão limitadas das pessoas faz de você uma pessoa feia por dentro."

Após ser rejeitado por Trishala Dutt, a filha de Sanjay Dutt, um seguidor a chamou de "vadia feia". Ela não deixou por menos:

"Engraçado como eu não parecia feia há poucos minutos, antes de ele sentir-se assim. Não entendo vocês, crianças, você não sabem como aceitar a rejeição?"


A nova geração não vai aceitar qualquer coisa, não.


- Ainda há esperança

Com tantas separações em vista, surge uma boa notícia: Aditya Roy Kapoor e Shraddha Kapoor podem ter retomado o namoro! Vamos torcer para ser verdade, pois Bollywood está precisando de um pouco de amor...

Fonte: Miss Malini.

- Ainda existe amor

A atriz Asin se casou com o empresário Rahul Sharma. Os dois foram apresentados por Akshay Kumar, que contou a divertida história de como tentou juntá-los:

"Foi durante Housefull 2 e nós estávamos em Délhi. Não ria, mas estávamos brincando de esconde-esconde e eu fiz os dois se esconderem juntos em um armário. Foi assim que começou e é muito bom que agora eles estejam se casando."

Asin e Rahul tiveram uma cerimônia cristã e uma hindu. Felicidades ao casal!





- Quando o apoio chega

O grande assunto de semana foi a entrevista que Sunny Leone deu ao jornalista Bhupendra Chaubey da CNN IBN. O apresentador foi grosseiro e moralista com a ex-atriz pornô, perguntando se ela o estava corrompendo moralmente durante a entrevista. Sunny permaneceu calma e elegante durante a entrevista, mantendo sua compostura apesar dos constantes ataques do apresentador. Ele perguntou se Aamir Khan trabalharia com ela, mesmo que ela desejasse trabalhar com ele. Aamir reagiu em seu Twitter:

"Acho que Sunny conduziu-se com muita graça e dignidade. Eu queria poder dizer o mesmo sobre o entrevistador...

Sunny, eu ficarei feliz em trabalhar com você. Eu absolutamente não tenho problemas com o seu 'passado', como o entrevistador colocou."



Bhupendra escreveu uma carta aberta ao público após a repercussão negativa da entrevista. O texto diz que ela só estava no programa dele por conta de seu passado e que ele cumpriu seu papel de fazer perguntas. A reação do público foi ainda pior. Sonam Kapoor comentou:

"Minha mãe me contou sobre este incidente. Alguém compartilhou no Facebook e foi onde ela viu. Então ela me perguntou se eu vi a entrevista e se os jornalistas também me fazem esse tipo de pergunta. Fiquei chocada e abismada com a entrevista. Não consegui ver o vídeo inteiro e respeito Sunny por ser gentil o suficiente para aguentá-la sem ser rude.

A carta aberta dele foi o pior. Foi nojenta. Eu pensei em tweetar para Sunny, mas então pensei que deveria ligar para ela e conversar. O que ela fez foi maravilhoso e merece aplausos."

Sunny ficou surpresa e feliz com a quantidade de apoio recebido:

"Eu pensei que iria na direção oposta, porque sentada lá, dando aquela entrevista no canal de notícias, eu honestamente nunca me senti tão sozinha ou triste, sem ninguém para me proteger ou ajudar. Mulheres são criaturas intuitivas, eu senti para onde a entrevista estava se encaminhando e que ele queria obter uma resposta que me faria sentir triste, irritada ou mal pelas escolhas que fiz. Eu não ia desistir ou deixá-lo me transformar numa vítima."

Fontes:  Indian Express, Indian Express, Miss Malini, India Times, Pink Villa.

- Acabou mesmo

As notícias da semana passada diziam que Ranbir Kapoor havia voltado para a casa dos pais após o término do namoro com Katrina Kaif. As desta semana foram piores: ele estaria morando sozinho e teria dado uma festa na casa nova - Katrina não foi convidada, claro. O ex-casal está gravando o filme Jagga Jasoos e não está se falando. Alguém mais ainda não consegue acreditar que tenha realmente acabado?

Fonte: Miss Malini.

- Começou mesmo?

Já faz algumas semanas que os boatos sobre o namoro de Alia Bhatt e Sidharth Malhotra têm se fortalecido. Eu não estava acreditando, até Sid ser perguntado sobre o assunto e responder o seguinte:

"Eu não vejo como um sim ou não mudaria a impressão de alguém sobre as nossas vidas. Penso que somos atores profissionais; você vê nossos filmes não pelo que fazemos fora da câmera, mas porque você gosta dos trailers, da nossa atuação. É uma escolha pessoal se as pessoas querem ou não falar sobre isso."

Não responder diretamente é o código universal para: tá pegando.

Invejando e shippando desde já.

Fonte: Hindustan Times.

- Ansiedade

Deepika Padukone finalmente falou sobre sua participação no próximo filme da série XXX, que protagonizará com Vin Diesel. A atriz declarou estar muito animada e ao mesmo tempo nervosa com sua estreia em Bollywood. Deepika também disse que será um papel no qual poderá ostentar sua etnia, então podemos esperar muitas influências indianas. Finalmente ganhei um motivo para ir ao cinema.

Fontes: NDTV, Comic Book.

- Competição e diferenças

A grande competição entre atrizes nos anos 80 e 90 envolvia Juhi Chawla, Madhuri Dixit e Sridevi. Juhi contou como isso ocorria:

"Você realmente acha que dá para ser amiga das suas concorrentes? Na nossa época, Madhuri, Sridevi e eu estávamos todas competindo pelos mesmos papéis e pelo primeiro lugar! Além do mais, nenhuma de nós nunca foi escalada com a outra e raramente estávamos no mesmo círculo social, diferentemente das atrizes de hoje. Então, não havia espaço para nenhum tipo de amizade. Foi apenas enquanto trabalhava em Gulaab Gang que pude conhecer a Madhuri. Concordei em trabalhar com ela porque nossos papéis eram diametralmente opostos um ao outro. Não estávamos competindo pelo mesmo herói ou dançando juntas!"

Tendo trabalhado muitas vezes com Shahrukh Khan e Aamir Khan, Juhi pode falar bem sobre as diferenças entre ambos:

"Shahrukh e Aamir são ambos muito inteligentes e trabalhadores. A diferença entre os dois é que Shahrukh faz muitas coisas ao mesmo tempo e Aamir pegará uma coisa e entrará em seus mínimos detalhes.

Aamir estava repleto de ofertas quando decidiu quebrar sua imagem de herói romântico e fazer apenas um ou dois filmes por ano. Eu pensei que foi um passo louco. Mas agora percebo como ele foi inteligente ao tomar aquela decisão naquele ponto de sua carreira. Além disso, já que ele é íntimo da indústria - seu pai e seu tio são nomes conhecidos na indústria - ele sempre teve uma melhor compreensão de como as coisas funcionam aqui.

Meu primeiro filme com Shahrukh foi Raju Ban Gaya Gentleman (1992). Sua energia no set de filmagem era infecciosa e ele ensaiava cada cena até a perfeição antes de fazer a cena final. O modo como ele cultivou e preservou sua imagem de herói romântico é uma prova de sua sinceridade e trabalho duro. Ele sempre foi viciado em livros, assim como o Aamir, e agora percebo o quanto seus hábitos de leitura ajudaram a moldar suas personalidades.

Apesar de que, deixe-me contar, os dois pregavam muitas peças - Aamir, mais do que Shahrukh. Uma de suas peças favoritas era segurar sua palma a pretexto de ler seu futuro...e cuspir nela!


Fonte: Hindustan Times.

Até a próxima semana!

3 comentários:

  1. - O Karan se assumiu gay já ou deixa só subentendido?
    - Farhan não tá dando uma bola dentro nem na vida pessoal? Tá difícil.
    - Nossa, como estou surpresa por Dilwale não ter sido tão bom. Oh.
    - Quantas balas juquinhas merecerei por dizer que a Sonam não vai ter calibre pra um filme desse naipe?
    - Gente, essas meninas são lindas. Choquei.
    - Sid e Alia seriam o casal mais lindo do universo. Só isso mesmo.
    - Nossa, que brincadeira idiota a do Aamir. Não esperava isso de você, tsc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só deixa subentendido. Inclusive nunca tinha lido nada tão explícito quanto essas últimas declarações dele.

      E eu? Nossa, esperava muito. Quanto choque, meu Deus.

      Também acho que não, mas com um bom diretor ela de fato consegue não estragar as coisas como fazia antiga antigamente. Como não conheço esse diretor ela, vou ficar só olhando. Mas soube que ele criou um clima nos sets de filmagem em que todo o mundo ficava imerso na vida dela o tempo inteiro...vai ser no mínimo muito interessante ver o resultado.

      A Khushi é um absurdo de bonita!

      Não éééé? Inclusive larguei DeepVeer na hora porque rolou todo um frescor de casal novo.

      Excluir
  2. "biblioteca de 400 livros"... Será que leu tudo? Oo

    Raquel

    ResponderExcluir

E aí, o que tem a dizer? Deewaneie!

Comentários ofensivos serão excluídos.