Semana Nutan: Artigo sobre a Nutan na Filmfare, parte 2

21.7.11 Carol Batista 0 Comments

Continuação do artigo em que amigos e familiares falam sobre a Nutan, publicado na revista Filmfare de 17 de março de 2010. Artigo de autoria de Meera Joshi, disponibilizado no blog do bollywooddeewana  e tradução totalmente vidalok livre feita por mim. A primeira parte está aqui.

Esta parte contém um dos quadrinhos que apareciam durante o artigo, com depoimentos de seus três irmãos. Eu havia colocado os três depoimentos em apenas um post, porém ficou muito extenso e preferi colocá-los em posts diferentes. Vamos ao primeiro!



Jaydeep Samarth (irmão)

’Ela comprou um carro vermelho para mim’’

O único filho da família Samarth, Jaydeep é o mais reticente dos irmãos. Até então, ele nunca havia falado sobre a irmã estrela. Apesar de ceder desta vez, ele não é muito acessível quando diz: ‘’Fui mandado para o internato na idade de 4 anos e meio, então minha interação com todas as minhas três irmãs era mínima. Nos encontrávamos apenas quando eu ia para casa de férias. Nossas férias eram limitadas a Lonavala, que então era uma intocada estação na colina.

O intervalo de idade entre minha irmã mais velha e eu era de 13 anos, então eu era mais próximo das minhas outras irmãs, que tinham idades próximas à minha. Então, ela se casou quando eu tinha uns 10 anos. Mas tenho algumas boas memórias dela. Ela era uma das poucas pessoas da minha família que escrevia para mim regularmente. Receber uma carta no internato era uma grande coisa para nós. Eu costumava aguardar por qualquer carta de casa, e nós as respondíamos uma vez por semana.

Quando crianças, costumávamos ir ao clube CCI para nadar e uma vez, no caminho nossa mãe nos comprou um projetor de 8mm para assistirmos aos filmes mudos de O Gordo e O Magro em casa. O próximo passo foi comprar uma câmera para que também pudéssemos fazer filmes caseiros. Minha irmã trazia a câmera junto e nos filmava enquanto nadávamos.

Quando foi à Suíça pela primeira vez, eu tinha acabado de assistir Ou Vai Ou Racha( Hollywood Or Bust), no qual Dean Martin e Jerry Lewis ganham um carro vermelho na loteria. Eu amava aquele carro, já que era um conversível. Enquanto estava indo, ela me perguntou o que eu queria. Disse à ela que queria o carro vermelho do filme e ela assentiu. Poucos meses depois, ela voltou. Perguntei se ela havia trazido, e ela disse que sim. Estava ansiosamente esperando para vê-lo chegar quando, enquanto ela desfazia as malas, um pequeno e vermelho carro de brinquedo saiu de sua mala. Esta era a extensão em que ela podia realizar meu desejo, mas o importante é que ela se lembrou. Eu estava muito contente com ele, porque tinha marchas e ia para trás e para frente, o que é uma grande coisa para um garotinho.’’

O irmão também se recorda de acompanhar Nutan à premiere de Bandini. ‘’Toda a família estava lá e todos nós estávamos berrando. Ela estava deveras entretida e disse, ’O que há de errado com todos vocês, estou sentada bem aqui ao lado de vocês,’ ‘’ ele ri. ‘’Ela nunca foi uma estrela para nós. Uma coisa que minha mãe ensinou a todos nós é que deve-se ter um forte senso de integridade. Para ser sempre bom com as pessoas, porque você nunca sabe que papel ele ou ela pode desempenhar na sua vida. Um modo de manter sua cabeça sobre os ombros. E acho que todos os membros da nossa família foram bem-sucedidos ao digerir seus sucessos.’’

Jaydeep admite que por causa da disputa familiar, perderam o contato com sua irmã mais velha por uns poucos anos. De todo modo, as coisas eventualmente se acertaram antes de Nutan partir. Ele admite que fala com Mohnish por telefone e que eles se mantém em contato. ‘’Não há barreiras entre nós, mas damos espaço um ao outro’’.

0 comentários:

E aí, o que tem a dizer? Deewaneie!

Comentários ofensivos serão excluídos.